Vidas Cruzadas [parte 28]


***Catarina***




O tão esperado fim de ano chegou. Nessa noite fomos jantar todos, o nosso grupo, ou sejas as gémeas Sara e Sofia, a Rita, o Tiago e o Pedro, e claro o Filipe. O restaurante tinha um óptimo ambiente,  fomos a um restaurante chinês, nunca tinha ido, mas adorei a experiência, durante o jantar a conversa esteve animada, ainda que eu me encontrasse um pouco abstraída, no fim de jantar tomamos rumos diferentes, eu e o Filipe somos para uma discoteca, e as gémeas, a Rita o Pedro e o Tiago, seguiram para casa de uma amiga deles, que andou ate ao 9ºano, parece que fazia anos nesse dia, e iria fazer uma mega festa, eu e o Filipe como já tínhamos combinado íamos para uma discoteca com os seus amigos, então resolvemos passar por casa para eu me arranjar, pois estava muito casual para uma passagem de ano, ele esperou na sala por mim, com toda a paciência do mundo, nesse dia resolvi vestir um vestido, bem justo ao corpo, e curto, sem mangas, preto, e uns saltos altos brancos brilhantes a combinar com a minha bolsa, um colar e uma pulseira, e estava prontas, a minha mãe estranho quando me viu tão bem vestida, mas naquela noite algo me dizia que ia ser especial, ela percebeu que eu precisava de me divertir, perguntou apenas onde ia, e disse-me que não tinha hora de chegar, só teria de lhe mandar uma mensagem de vez em quando, como ia com o Filipe estava tudo controlado. Esperamos por um amigo dele que nos veio buscar perto de minha casa e lá somos nós, primeiro fomos a um bar, e já perto as 23:30 h entramos na discoteca, ainda não estava muito cheia o que era óptimo para podermos estar mais a vontade. 
- Catarina: Filipe, olho como entreguei a minha bolsa podias-me guardar o telemóvel?
- Filipe: Claro.
- Catarina: Obrigada, vou à casa de banho.
Dirigi-me à casa de banho, quando saí senti alguém a puxar-me o braço, olhei para traz.
- Catarina: Vasco?
O Vasco era o meu ex namorado, que me tentou violar. (ler capítulos anteriores)
- Vasco: Estás linda, estas aqui sozinha?
Mas este gajo passa-se ou que? Já se esqueceu do que me fez? Pois eu não, olhei à minha volta não conhecia ninguém, estava a ficar assustada.
- Catarina: Tu não devias estar aguardar julgamento em prisão?
- Vasco: Queres mesmo falar disso? Acho que podemos fazer coisas mais interessantes.
De um impulso tirei a minha mão, da dele, dei-lhe um estalo, e fui para o sitio onde tinha deixado o Filipe.
- Filipe: Que se passa Cat? Que cara é essa? 
- Catarina: O Vasco esta aqui?
- Filipe: Estas a gozar certo? O que é que ele te fez?
- Catarina: Não me fez nada, olha da-me o telemóvel se faz favor.
- Filipe: Toma acho que recebes-te uma mensagem.

De: Marco "Prepara-te vais ter uma surpresa".

De impulso beijei o telemóvel, e fui pedir ao bebida ao bar, quando estava quase a chegar ao pé do bar.
- Vasco: Isto não fica assim!- Agarrando-me com força os dois braços.
Ouvi uma voz, - Larga-a já! Esta voz era me familiar, olhei para traz e nem acreditei no que vi, era ele era mesmo ele e estava ali à minha frente. Era o meu Marco, o Vasco desapareceu num ápice, agora estava só eu e ele a dois passos, aproximei-me dele, ele colocou as suas mãos no meu rabo e pegou em mim, erguendo-me ate a minha boca ficar colada à dele, e no meu da discoteca, em pleno no meu da pista ele comigo assim ao colo aos beijos, foi lindo, parece que o mundo parou naquele instante, e só ficamos nós, quando voltamos a realidade e ele me pousou no chão, estava toda a gente a olhar para nós e aplaudíramos, foi uma cena dita de um filme. 












PS- Desculpem a demora, mas não tenho tido grande tempo, eu sei que nem ta grande coisa, enfim foi o que me saiu.

continua


6 comentários:

  1. OWWWWWWWWWWWWWWWWWWW adoreiii mesmooooooooo *-*

    ResponderExcluir
  2. - cada vez mais linda , adorei *.*
    e siga a 29 rápido :D

    ResponderExcluir
  3. Estava a ver que nunca mais :p ! Compreendo-te perfeita-me, comigo não é questão de tempo, mas sim de inspiração.
    Mas fica já sabendo que está espectacular, e fico á espera da p.29 :)

    ResponderExcluir
  4. estou a ver que ate a musica do "é o bicho, é o bicho" sabias :o podes crer, que saudades. gostei tanto de fazer aquele texto.

    ResponderExcluir